sábado, 22 de fevereiro de 2014

Combata a cegueira...

... e a crase mal empregada. Admiramos a nobre missão da organização e esperamos que todos colaborem e combatam não apenas a cegueira, mas a praga, a pobreza, a injustiça, a corrupção, a fome e, porque não, o Aedes aegypti, Zica, dengue e todos os males da humanidade. Mas seguimos na nossa humilde proposta de combater a crase onde ela não cabe. 

Ok, cegueira é um substantivo feminino, o que pode levar à confusão abaixo (vide truque para verificar se a crase deve ser aplicada), mas neste caso combater é um verbo transitivo direto, ou seja, não é introduzido por preposição. Como a crase é a união da  preposição “a” com o artigo definido “a”,  e não há a ocorrência de preposição na frase, não há razão para a aplicação do acento grtave indicativo da crase neste caso.

Crase em combata a cegueira

Agora, se trocarmos o verbo combater pelo substantivo combate, aí sim deve ser aplicada a crase. 

CORRETO: 
  • Combata a cegueira
  • Combatam a dengue
  • Combate à dengue, com crase
  • Combate a incêncio
  • Combater a ressaca
  • Combate à acne (substantivo combate)
  • Combate à flacidez (substantivo combate)
Nota 1: para complicar um pouco a estória, se "combate " se referir ao verbo combater no presente da segunda pessoa do singular, voltamos a não ter a crase: "João, combate a tua vontade de comer".

Nota 2: Obrigada à leitora Paula pelo envio da foto acima!






7 comentários:

  1. Olá, Tenho uma dúvida,

    "Sua Internet à mil" ou "sua internet a mil" ?

    desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  2. Combate à incêndio?
    ou
    Combate a incêndio?

    ResponderExcluir
  3. Ótima explicação! Me ajudou muito.Realmente estava seguindo esta linha de pensamento enquanto combate substantivo.
    Obrigada

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir