domingo, 9 de abril de 2017

Concorra a ou Concorra à prêmios


Concorrer a prêmios não tem crase


Concorra a dezenas, centenas, milhares ou milhões de pelúcias, reais, carros, motos, celulares, bolinhas de gude ou qualquer que seja o prêmio, mas sem acento grave indicativo da crase, como aparece na imagem acima.

A crase é a união da preposição a com o artigo feminino a/as. Concorrer, neste caso, exige a preposição a, mas na frase não faz sentido o artigo feminino a, logo não há crase. Num exercício de criatividade gramatical, estaria até correto escrever-se "às milhares...",  visto que são milhares de pelúcias, no plural, e com artigo "as".

Para os bons observadores, o post acima também escorregou na crase na data de validade da promoção - não há crase em "de 15/12 a 15/1" .

Correto: 

  • concorra a milhares de pelúcias, sem crase.
  • concorra a prêmios
  • concorra a viagens à Itália
  • concorra a pelúcias
  • concorra a vagas de manobrista
  • concorra a centenas de ingressos


Nestes casos, o acento grave indicativo da crase estaria corretamente empregado:
  • Concorra à melhor viagem da sua vida: concorra a + (a melhor)  = à melhor viagem
  • Concorra às sandálias mais bonitas que você já viu: concorra "a" + (as sandálias) = às sandálias
  • Concorrer à vaga de porteiro, médico, analista: concorrer a  + (a vaga) = à vaga

Nenhum comentário:

Postar um comentário